terça-feira, 1 de março de 2016

Oscar 2016 , para quem vai o mais lindo vestido?

Looks - Oscar 2016

Qual seu favorito ?


                                                       Foto: Vejasp - Cate Blanchett de ARMANI Privé


                                                  Foto: Vejasp - Alicia Vikander


                                                         Foto: Vejasp - Brie Larson de GUCCI


                                                       Foto: Vejasp - Charlize Theron de DIOR


                                                       Foto: Vejasp -  Naomi Watts de ARMANI Privé


                                                           Foto: Vejasp - Olivia Wilde  de  VALENTINO


                                                        Foto: Vejasp - Rachel McAdams de AUGUST GETTY


                                                     Foto: Vejasp - Saoirse Ronan de CALVIN KLEIN Collection


                                                    Foto: Vejasp - Sofia Vergara de MARCHESA


                                                        Foto: Vejasp - Julianne Moore de CHANEL

sexta-feira, 26 de fevereiro de 2016

Belt Bag, super tendência!!! Apaixone-se!!!

Belt Bag, a tendência da vez !

Sim , "a pochete" voltou!!!! Não torça o nariz antes de ler este post...talvez você mude de idéia...


Conhecidas como “pockets”, os pequenos bolsos separados e amarrados à cintura por fitas ou cordões sob saias ou anáguas, surgiram por volta do século XVI.

As saias possuíam aberturas laterais para acesso a esses bolsos, onde as mulheres guardavam seus objetos pessoais.

Por ficarem escondidos, eram simples, feitos em linho, algodão, flanela ou sarja.


                                  Fonte: Modahistoricablogspot


Com o passar do tempo, os pockets ficaram mais elaborados e foram transferidos para a parte frontal, presos a cintos e chamados então de “pochetes”, usadas tanto por mulheres quanto por homens e tornando-se ícones da moda entre as décadas de 80 e 90. 
                                                           Fonte: Camerum

Após tantos anos fora de circulação e depois de algumas tentativas frustradas de voltar ao mundo da moda, esse acessório super polêmico e temido evoluiu e volta totalmente repaginado, fazendo a cabeça de fashionistas de todo o mundo com o nome de “Belt Bag” ou “Belt Purse”.

Sim, ela está de volta e já apareceu com ares bem modernos em desfiles de grifes famosas como Chanel, Gucci, Louis Vuitton, Giuseppe Zanotti, Moschino, Marc Jacobs e Alexander Wang.


                                                 Fonte: Bluefly - Chanel



                                                                  Fonte: Bluefly - Gucci



Fonte: Abeautifullife - Louis Vuitton


A praticidade de carregar somente o necessário na cintura e deixar as mãos livres foi um dos principais motivos das marcas colocarem as belt bag nas suas passarelas. 

Fonte: Marketplacereebonz - Giuseppe Zanotti


Fonte: Mythereza - Marc Jacobs



Fonte: Shopstyle - Alexander Wang



Eu mesma já estava ensaiando fazer algo assim para a MN faz uns 02 anos, pensando na praticidade, mas com uma bossa, um glamour... engavetei o projeto por receio de não ser aceita... agora... aguardem... logo mais novidade MN!





Por ser uma peça de fácil adaptação aos looks do dia a dia, a belt bag aos poucos vem ganhando adeptas pelas ruas e já tem famosas como Sarah Jessica Parker, Rihana, Fergie e Anne Hathaway desfilando e decretando sucesso da tendência !


                                Fonte: Blogebags


                                Fonte: Pinterest


                                 Fonte: Pinterest



                                                 Fonte: Entretenimentor7


Os modelos de maior sucesso são confeccionados em couro e em formatos práticos e modernos, dando  aquele toque especial e contemporâneo ao look.

                                          Fonte: Dreamofadress


                                                 Fonte: Nannasantana


                                                         Fonte: Nannasantana


                                                         Fonte: Nannasantana


                                                        Fonte: Pinterest


                                                                Fonte: Pinterest


Em qualquer estação, combinam super bem tanto de dia quanto à noite. Os modelos mais estruturados e coloridos podem funcionar como as grandes estrelas do look.


                                          Fonte: Blogdaellenbezerra


                                                        Fonte: Oficinachic


                                           Fonte: Blogdaellenbezerra


                                          Fonte: Blogdaellenbezerra


                                           Fonte: Nquintinoblogspot

Essa bolsinha pequena volta a ganhar as ruas totalmente disposta a quebrar paradigmas e preconceitos e após tanto tempo escondida, está prestes a se tornar um it-acessório. 


                                                        Fonte: Oficinachic


 
                                          Fonte: Dannyellen


                                          Fonte: Justlia


                                          Fonte: Dannyellen


                                                 Fonte: Tostylewithlove


                                           Fonte: Nquintinoblogspot


                                                         Fonte: Oficinachic


                                           Fonte: Celebritieswearingfannypacks


E então? Já mudou de opinião sobre a "belt bag"?


quarta-feira, 13 de janeiro de 2016

A primeira impressão é a que fica !!!!

"A primeira impressão é a que fica!" Esta máxima nunca foi tão difundida como nos dias atuais. 

Foto:lualvespersonalstylist.com.br


Você já parou para pensar se a imagem que você passa é a que você quer que tenham de você ? Se é a imagem real? Condiz com quem você de fato é?


Segundo Albert Mehrabian, professor de psicologia da Universidade da Califórnia, EUA, a aparência é responsável por 55% na formação da primeira impressão: vestuário, atitudes e linguagem corporal marcam a imagem pessoal nos primeiros 30 segundos do contato com outras pessoas. 

Ela é sem dúvidas nosso primeiro cartão de visita.

E apesar de ser já muito dito, vale lembrar que : Você não terá jamais a segunda chance de causar uma boa primeira impressão! 


Por esta razão , nunca a aparência teve tanta importância em nosso cotidiano; com ela construímos nossa identidade visual, seja profissionalmente ou socialmente, por isso, a preocupação com a imagem cresceu consideravelmente nos últimos tempos.



Em época de globalização, internet, "selfies", etc.. Tudo é muito rápido, as coisas acontecem ou não, em segundos e por isso você não pode mais se dar ao luxo de não estar na sua melhor performance, sempre! E isto não significa de forma alguma ter que gastar milhões , significa tão somente que você precisa saber o que te valoriza e o que te deixa na sua melhor forma de você mesma!




Pouco à pouco, não à toa, o número de clientes vêm aumentando dia à dia, à procura do serviço de consultoria de imagem, personal stylist, assessoria pessoal de estilo, marketing pessoal, enfim, o nome que você achar melhor...





Foto: euestilounico.com.br



O trabalho de consultoria de imagem é isso: ajudar no auto-conhecimento, é conhecer o que te valoriza, saber as cores que te favorecem, o tipo de roupa que te cai bem por conta do seu biotipo, é saber alinhar seu estilo pessoal com seu estilo de vida. Sabendo disso tudo, as compras serão mais certeiras e inteligentes, tudo vai combinar com tudo e principalmente vai combinar com você!!!!

Além de super produtivo , esta consultoria tem como objetivo te fazer economizar , não comprar peças que você sabe que não são para você, é fazer combinações inusitadas com as roupas que você já tem - visto que as que ficaram, após a triagem, são as que te favorecem, as que tem seu estilo, logo, elas permitem inúmeras combinações.

Em tempos de crise, como esta que nós estamos vivendo, ter consciência de todos os atos, inclusive o de comprar, ser responsável e consumir de forma sustentável é imperativo para seu bolso, para o mundo e para sua autoestima.

Ter um closet repleto de roupas , mas ter a sensação de não ter nada ou de não saber combinar as peças entre si, ou ainda, as roupas não traduzirem mais quem você é....você está realmente precisando de uma consultora de imagem!







Foto: superela.com.br



O mundo ideal pede que você tenha poucas e ótimas peças mas que elas consigam transmitir sua personalidade, seus anseios, sua missão , de forma sempre muito esilosa , logicamente!

E eu, Michèle, estou aqui para te ajudar nesta empreitada!
Quer ler depoimentos de outras mulheres que passaram por este processo? (acesse aqui)

Ficou interessada? contato@micheleneyret.com.br - vamos adorar poder te atender!


segunda-feira, 30 de novembro de 2015

Lowsumerism - já ouviu falar?


                                          Fonte: ffw.com.br


Lowsumerism: onde menos é mais !


Quando li o primeiro artigo sobre este tema fiquei arrepiada, eu poderia tê-lo escrito, tamanha minha afinidade com este assunto ! Sempre soube que meu trabalho com consultora de imagem seria para ligar autoestima com consumo consciente e sustentável, sempre de uma forma muito estilosa, logicamente. Quem já fez o trabalho comigo, sabe muito bem que a consultoria passa longe da futilidade e consumismo e é super próxima da autoestima e compra inteligente!

Voltemos um pouco no tempo para entender melhor o significado desse termo...

Após a Revolução Industrial, a forma mais eficaz e rápida das indústrias aumentarem suas vendas foi produzir em larga escala, incentivando as pessoas a consumirem mais do que de fato precisavam.

Consequentemente, isso abriu caminho para a concorrência e a publicidade tornou-se algo vital para “ganhar” o consumidor. Aliado à toda essa revolução, abriu-se o mercado de crédito, instituindo assim uma mentalidade extremamente consumista, baseada no “comprar agora e pagar depois”.

                                          Fonte: ecoredesocial.com.br

Aumentando o poder de compra, essa cultura consumista tornou-se uma epidemia, estimulando a busca por uma vida mais confortável e mais competitiva, impulsionada por uma filosofia de consumo completamente inconsciente e muitas vezes desnecessária. O que começou como uma necessidade, transformou-se em compulsão.

Mostrando exatamente essa trajetória, a Agência Box1824 ( meus parabéns) especializada em tendências de comportamento e consumo, lançou um vídeo chamado “The Rise of Sumerism”, que põe em discussão o tema.


                                          Fonte: Agência Box1824


E como reverter esse quadro numa sociedade contemporânea que nos estimula a consumir sempre mais, como se esse fosse o caminho da felicidade ?

O Lowsumerism é uma tendência que agrega o consumo consciente à sustentabilidade. Esse movimento vem das palavras em inglês “low” e “consumerism”, ou seja, baixo consumismo ou consumir menos, repensando a lógica do consumismo e agindo com equilíbrio.  Ele já é antigo, se pensarmos na filosofia dos brechós, mas ainda tem uma aderência um pouco limitada na cultura brasileira. É um processo de reeducação comportamental, que transforma a compulsão por compras desnecessárias em consumo inteligente.

Tenho uma característica de ver sempre o lado bom de todas as coisas, e mais uma vez, acho que esta "crise economica, social, política e ética" chegou para que possamos realmente repensar em tudo - desde como pensamos, agimos, comemos , nos relacionamos uns com os outros e com nosso planeta até e principalmente de que maneira consumimos!
Repensar nossas vidas, a vida da terra que habitamos e o futuro que nos aguarda já não é mais algo longe da nossa realidade, é algo urgente e imprescindível - questão de sobrevivência humana!

Através de 3 simples atitudes, podemos mudar a forma como consumimos:

- pensar antes de comprar;

- buscar novas alternativas, que tragam menor prejuízo para os recursos naturais, como trocar, compartilhar, reformar, customizar ou fazer;

- viver com o que se tem e de fato é essencial.


Precisamos cortar os excessos de nossa vida e sermos mais seletivos antes de comprar.  


Sabemos que mudança de comportamento é um tabu para muitas pessoas, mas não é algo difícil, se pensarmos o quanto isso impactará na vida das próximas gerações.



O mundo caminha para essa mudança, alguns países mais rápido, outros mais lentamente. O Brasil inevitavelmente já sente a desaceleração do consumo por conta de uma das piores crises econômicas já vividas e começa a incorporar essa tendência.

Esse tema com certeza renderia uma infinita e produtiva discussão, mas o fato é que vivemos a era da sustentabilidade e por isso, precisamos mais do que nunca valorizar o tempo que gastamos trabalhando e direcioná-lo com inteligência ao que realmente importa.


                                          Fonte: garimpomag.com.br


O consumo inteligente está na moda. 


Quer algumas dicas para associar o lowsumerism à moda ?


- Organize uma reunião entre amigas e faça um bazar de trocas - já faço isso com minhas irmãs, agora já estou fazendo com minhas amigas e clientes - quer participar? contato@micheleneyret.com.br  

- Customize aquelas peças que você ama mas que já perderam a graça;

- Venda o que não tem mais utilidade e utilize o dinheiro para comprar peças-chave que possam complementar seus looks;

- Consumo inteligente e sustentável não siginifica andar desleixada, somente com roupas baratas e de baixa qualidade - pelo contrário : é saber o que comprar, e usar a matemática a seu favor - se for uma peça cara que você vai usar MUITO, é melhor que uma peça barata que vai usar duas vezes , entende? 

- Doe! Numa arrumação do seu guarda-roupa separe sempre as peças em 04 pilhas : as que ficam , as que vão trocar, as que serão cutomizadas e as que irão para a doação!
Existem várias instituições e projetos sociais necessitando de doações.

Faça disso o SEU projeto social: fazer o bem sem olhar a quem !

Tenho certeza que essas dicas farão você aderir a essa tendência, além de um bem enorme ao seu bolso, ao meio ambiente e ainda como brinde: te deixarão muito mais feliz!!!

Aproveite que é final de ano, tempo de reflexão e comece 2016 diferente!

Experimente e deixe seu depoimento !




segunda-feira, 2 de novembro de 2015

Estilo Romântico

O estilo romântico difere um pouco dos outros estilos. Ele carrega uma sutileza maior, um ar mais leve, mais ïngênuo".
Engane-se quem acha que este estilo é só para jovens e  apaixonadas, isto é um estereótipo , a realidade é bem diferente, este estilo é também para todas idades e gostos. 

Para acertar nesse estilo pense em leveza, como tecidos finos e fluidos. Os acessórios femininos  e delicados, como laços, flores e rendas também são ótimos para carimbar o romance.
Mas dependendo da flor, se for muito grande, exagerada, imponente, será característica do estilo dramático, já a renda pode ser sexy, ou seja, tudo sempre depende...

As cores variam bastante, mas normalmente cores claras ou pastéis.



Modelo: Taylor Swift
Bolsa: Celine
Saia: Street Style
Cabelo: tutorial

A Taylor Swift é conhecida pelo seu estilo romântico, apesar de sempre estar variando no que veste no dia a dia. Seus looks podem ser vestidos, shorts de cintura alta , muitas vezes com a mesma estampa. Alem disso calças, e até mesmo vestidos que parecem ter saído de conta de fadas. 

Modelo: Taylor Swift
Bolsa: Nina Ricci
Shorts e Crop: Missguided
Cabelo: tutorial